Qualidade do solo e degradação ambiental

Qualidade do solo e degradação ambiental

Parte 1 

A bacia hidrográfica é vista como unidade de planejamento pelo fato de constituir-se num sistema natural delimitado geograficamente, em que os fenômenos e interações podem ser integrados. Podem ser, portanto, consideradas unidades geográficas em que há uma integração dos recursos naturais (ABDALA, 2012)

O solo é um recurso natural básico para a produção agropecuária, principalmente quanto à alimentação e vestuário, prioridades mais sentidas da humanidade. Dentro deste contexto, articulados e inseparáveis da área econômica, encontram-se as áreas social e ambiental. Solo rico, em regra geral, proporciona uma agricultura forte e, consequentemente, povo e País ricos. Solo deteriorado, fatalmente, conduz à pobreza, miséria e fome (ROCHA & KURTZ, 2001).

O uso e ocupação inadequados do solo podem ocasionar degradação do solo, implicando assim em riscos ambientais com impacto negativo para as comunidades rurais e repercussão no meio urbano (STRECK et al., 2008). Diferentes usos da terra podem implicar em alterações na qualidade da água em uma bacia hidrográfica (ARCOVA & CICCO, 1999). Dessa forma, o conhecimento da ocupação de uma bacia hidrográfica ou região é de fundamental importância para um planejamento racional dos recursos naturais, principalmente do planejamento do uso do solo e conservação da água com vistas para o desenvolvimento sustentável.

A sustentabilidade das terras é definida pela FAO (1991) como o sistema que envolve o manejo e a conservação dos recursos naturais, prevenindo a degradação do solo e da água, combinando tecnologias e atividades que integrem os princípios sócio-econômicos com a preocupação ambiental enquanto propiciam suporte necessário para a satisfação continuada das necessidades humanas para as gerações presentes e futuras.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>