GOTAS AMARGAS

A vida é mesmo uma grande caixa de surpresas. Grande em sua complexidade e altamente surpreendente em muitos aspectos.
Ninguém sabe dizer com exatidão o que os próximos dias trarão.
Existem surpresas que são boas e maravilhosas e outras que é melhor esquecê-las.
Um exemplo claro disso são os sonhos não concretizados e que às vezes, acabam ficando à deriva nos oceanos agitados de muitas histórias.
Lamentavelmente, muitos desses sonhos deixam de existir por inúmeros motivos, arrastando para as profundezas da desesperança, todas as nobres expectativas que um dia foram alimentadas juntamente com os sonhos.
Chamo esses episódios traumáticos de gotas amargas da vida. Elas serão sentidas por todos, sem exceções. Não importa se é famoso, muito rico ou se é um simples operário do campo.
Parece que esses dissabores dessa vida complexa são inevitáveis. É quando nos damos conta de que não temos o controle de tudo o que acontece à nossa volta. E pra dizer a verdade, acabamos nos deparando com outra incômoda realidade: não temos o controle nem mesmo de muitos acontecimentos internos. Ou seja, nem mesmo dentro dos nossos próprios corações, às vezes, conseguimos exercer uma liderança como gostaríamos.
Você já se sentiu perdendo o controle das coisas? Já se sentiu impotente diante das circunstâncias? Acredito que sim… E por mais incrível que possa parecer, são nesses momentos quando o terror nos cerca e isola, enchendo-nos de medo e desânimo que acabamos percebendo nossas maiores fragilidades.
Imagino que Deus permite essas coisas para que possamos recorrer a Ele, sobretudo nessas horas. Experimente! Você irá se surpreender.
Lembro-me de um momento em minha infância, quando eu e meu irmão estávamos montados em uma bicicleta sem freios. A euforia tomava conta de nossos atos impensados enquanto descíamos a rua de nossa casa, para comprar alguma coisa que a nossa mãe havia nos pedido. Até que de repente… Bom, você já deve imaginar.
O frio na barriga pode ser sentido ainda hoje quando me lembro daqueles momentos. É mais ou menos disso que eu estou falando… Porém, um tombo de bicicleta no calafrio da adrenalina, que explodia como um vulcão dentro dos corações de dois meninos, já fazia parte do cenário aventureiro. Logo, com alguns pequenos curativos e alguns puxões de orelha tudo se resolvia.
Em geral, os adultos não se refazem tão facilmente de seus incidentes como uma criança o faz com maestria. Ao contrário, as marcas dos infortúnios dessa vida nos corações dos adultos, ocupam seus lugares bem ao lado das conquistas que já foram consolidadas.
Desconfio que isso acontece, para não nos esquecermos de algumas lições de sabores amargos, mas que podem ser salvadoras, apesar do gosto ruim.
Preste atenção no que diz a palavra de Deus: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”. (João 16: 33)
Não sei se o barco de sua vida navega nesse momento por águas tranquilas ou agitadas. Seja como for, lembre-se de que existe um Deus maravilhoso que zela pela sua vida. Ele te ama e se preocupa com você.
Ele tem o poder de acalmar as tempestades. Na verdade, Ele já o fez no passado lá no agitado mar da Galileia, quando o barquinho frágil em que estavam os discípulos de Jesus, era jogado de um lado para o outro em meio à tempestade na alta madrugada. Bastou uma ordem de Jesus para que a calmaria reinasse.
Acredite, ele poderá fazê-lo novamente. Apenas creia que Ele pode.



  1. Maria Cappatto Says: maio 13, 2016 at 2:48 am

    Perfeito, texto edificante tremendo Deus abençoe tremendamente meu Pr. querido…coisas de Deus…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>